Que corridinha…

Tem corridas em que nada dá certo.

A de sábado passado – desculpem a demora a publicar, eu estava esperando as fotos -, que foi a quinta etapa da Copa SP de Kart, disputada no Kartódromo da Granja Viana, foi uma dessas.

O kart vinha de uma boa corrida na quarta etapa, quando largamos em segundo e chegamos em quarto lugar. Para esta, a expectativa era boa. No treino de sexta ficamos em décimo quarto, mas sem passar pneus novos, como os ponteiros fizeram.

Aí, sábado, na classificação, notei que o kart demorou demais para esquentar os pneus e ganhar aderência. Viramos o décimo quarto tempo na última volta, a apenas 3,5 décimos da pole.

kart pro 500
Foto do Fabrício Vasconcelos

Ainda assim, não satisfeito, pedi para endurecer um pouco a frente. A traseira escapava demais nas curvas de média e alta. Assim, piorando um pouco a frente, pouparíamos pneus – que foi o “vilão” da última etapa – e tentaríamos melhorar o acerto do kart.

Não funcionou muito bem não. Meu parceiro largou e perdemos algumas posições. Ele ainda teve um sério problema quando o tanque de combustível, novo, começou a vazar gasolina e queimar a perna do coitado – o que o obrigou a parar com apenas 25 minutos de corrida.

Assumi a bagaça achando que poderia melhorar um pouco a posição do time. Mas as voltas continuavam altas e eu conseguia brigar apenas por posições intermediárias.

A situação piorou quando peguei uma zebra para fazer um ultrapassagem e vi a corrente do kart cair. Perdi quase uma volta tentando recoloca-la e consegui voltar para a prova, duas voltas atrás dos líderes.

Eu fazendo quadradinho de 8 no kart, quando a corrente caiu
Eu fazendo quadradinho de 8 no kart, quando a corrente caiu

O que me restava era continuar a prova e tentar levar o kart até o final. E foi o que fiz.

Ainda assim, terminamos na 20ª posição e sem pontuar.

A próxima etapa será apenas em agosto. O mês de julho, deveremos submeter o kart a uma revisão, a fim de procurar a causa do mal desempenho.

2 comentários sobre “Que corridinha…

  1. Corridas são assim mesmo, meu caro. É necessário detectar este problema de vazamento de combustível. Não foi a primeira vez e é algo grave. Velocidade a dupla tem, então é focar no acerto e bons resultados aparecerão. Abs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s